Desporto

FIFA prepara-se para castigar clubes que partilhem passes com fundos de investimento

joseph blatter fifa 1 Por determinação da FIFA, a partilha de passes de jogadores entre clubes e fundos poderá ser banida do futebol. A revelação foi feita por Joseph Blatter, depois de uma reunião do comité executivo. Portugal é um dos países onde clubes e fundos de investimento partilham os direitos económicos de atletas.

Joseph Blatter revelou hoje que a FIFA pretende eliminar a partilha, por parte de clubes e fundos de investimento, dos direitos económicos de jogadores.

O órgão que rege o futebol mundial pretende que os passes pertençam a uma única entidade: os clubes.

A medida afetará Portugal. Alguns clubes portugueses têm nos seus quadros jogadores, mas os direitos económicos apenas lhes pertencem parcialmente.

Blatter revelou que a decisão de acabar com esta prática está tomada, sendo que o primeiro passo será a griação de um grupo de trabalho que irá implementar as novas regras, com um período de transição.

Esta não é a primeira vez que esta matéria é alvo de discussão na alta esfera do futebol. Recentemente, também a UEFA, através do seu presidente, Michel Platini, lançou a discussão para cima da mesa, instando Blatter a tomar medidas.

A exclusão de jogadores de provas europeias e o impedimento dos clubes em contratar atletas poderão ser algumas das medidas para punir os clubes que tenham nas suas fileiras atletas com direitos partilhados com terceiros.

Algumas ligas da Europa já proíbem esta prática. Em Inglaterra e em França, por exemplo, o problema não se coloca.

Mas em Portugal há dezenas de milhões de euros investidos nos clubes, com percentagens de passes de jogadores.

Em destaque

Subir