Nas Notícias

Festival N2 faz viagem musical em Chaves com Luísa Sobral, Villagers e Capicua

O Festival Nacional 2 (N2) tem como cabeças de cartaz Luísa Sobral, Villagers e Capicua e decorre entre quarta e sexta-feira, em Chaves, cidade que possui o quilómetro zero da estrada que atravessa o país até Faro.

À volta da Estrada Nacional 2 (EN2) surgiu um festival de música, que vai na segunda edição e é organizado pela Câmara de Chaves e a associação Indieror.

Esta “viagem musical”, que pretende ser o mote para o festival, arranca na quarta-feira com as atuações de Luísa Sobral, David Keenan & The Unholy Ghosts, Luis Severo e Maro.

No dia a seguir, sobem aos dois palcos instalados no jardim público de Chaves os Villagers, Samuel Úria, Benjamim, Zach Noir.

O N2 termina com os concertos de Capicua, Cais Sodré Funk Connection, D’Alva e Malaboos.

“O município pretende que este festival, associado a um local icónico – o quilómetro zero da EN2 -, ganhe raízes e que, daqui a uns anos, se torne uma referência nacional. O Festival N2 tem um caminho associado que acrescenta valor ao evento”, afirmou o vice-presidente da Câmara de Chaves, Francisco Melo.

Para Diogo Martins, da Indieror, “o sucesso da primeira edição acarreta maiores expectativas para esta edição, tendo como objetivo garantir mais participação e tentar chegar às 10 mil pessoas”.

“Este festival define-se como uma experiência de viagem, com um caminho progressivo e em crescendo”, salientou

Segundo a organização, uma das novidades da edição 2019 do N2 é o palco itinerante que vai permitir alargar o festival ao centro da cidade, com atuação de bandas com referências flavienses para “criar dinâmica com a comunidade”.

A organização destacou ainda a “preocupação ecológica” na logística do evento, anunciando a oferta de copos reutilizáveis na compra dos bilhetes que custam quatro euros por dia e 10 euros o bilhete geral.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir