Nas Notícias

Ferro Rodrigues avisa que não aceita mais comissões de inquérito no parlamento

O presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, avisou hoje que não aceitará mais comissões de inquérito no parlamento enquanto não acabarem os trabalhos de uma das três que estão em funcionamento.

O aviso foi feito por Ferro Rodrigues a meio do debate quinzenal, durante o ‘frente a frente’ entre a líder do CDS-PP, Assunção Cristas, e primeiro-ministro, António Costa, que, na quinta-feira, admitiu o cenário de uma nova comissão de inquérito ao BES.

“Enquanto não acabar uma, não haverá uma quarta de certeza absoluta”, afirmou Ferro Rodrigues, ouvindo como resposta de Assunção Cristas a sugestão “de informar” António Costa, sentado a pouco metros na bancada do Governo, na Assembleia da República, em Lisboa.

As três comissões de inquérito em funcionamento são a das rendas excessivas, a de Tancos e à Caixa Geral de Depósitos (CGD).

O presidente do parlamento referiu que só podem funcionar duas comissões de inquérito em simultâneo e que a terceira, sobre a CGD, foi criada por haver consenso.

Mais partilhadas da semana

Subir