Desporto

Fernando Madureira e os desacatos na loja do Benfica: “Foi uma situação circunstancial”

A presença de um grupo de adeptos do FC Porto junto à loja do Benfica em Matosinhos, no Mar Shopping, motivou uma intervenção policial por parte da PSP. Fernando Madureira, líder da claque, considerou a situação como “circunstancial”.

Em declarações ao jornal Record, Fernando Madureira garantiu que “não se passou nada”.

“Ninguém partiu nada, ninguém agrediu ninguém. (…) Temos o direito a passear num centro comercial, não é proibido”, começou por explicar.

O líder da claque sublinha que “foi uma situação circunstancial”.

“Foi uma situação circunstancial. Estamos no Porto, a nossa cidade, é normal passearmos no shopping”, referiu.

Fernando Madureira acrescentou, ainda, que aquele é um espaço muito frequentado pela claque portista, pelo que sucedido foi uma situação “normal”.

“Paramos muitas vezes naquele centro comercial. Há muita gente dos Super Dragões a trabalhar lá e a passear ali. Foi tudo normal”, rematou.

Recorde-se que o Benfica reagiu aos incidentes, considerando-os como “lamentáveis”.

Cerca de 20 adeptos do FC Porto invadiram, este sábado, a nova loja do Benfica, em Matosinhos, onde entoaram cânticos.

Recorde.


Mais partilhadas da semana

Subir