Fórmula 1

Fernando Alonso (para já) autorizado a correr na China

FernandoAlonsoCleared2

Fernando Alonso foi autorizado a participar no Grande Prémio da China, terceira prova do campeonato do mundo de Fórmula 1 que no próximo fim-de-semana se disputa no circuito de Xangai.

O piloto espanhol da McLaren Honda foi submetido a exames médicos, como estava previsto, na sequência do acidente sofrido na primeira prova do ano, na Austrália, e que o impediram de competir na segunda, no Bahrain.

Alonso sofreu uma lesão pneumotórazx para além de costelas partidas, e depois de não ter sido aprovado nos exames médicos realizados em Sakhir, conseguiu agora ser autorizado provisoriamente a competir na terceira prova da época.

Mas o piloto de Oviedo será submetido a novos exames médicos em Xangai no final do primeiro treino livre, de modo a que possa ser avaliado o estado das suas lesões depois de ser submetido às enormes forças G exigidas pelos monolugares de Fórmula 1 atuais.

FernandoAlonsoCleared1

“Os comissários tiveram em consideração os conselhos do delegado médico da FIA, que numa consulta com o chefe médico do Grande Prémio da China e o médicos dos pilotos consideraram que o piloto (Alonso) está provisoriamente apto para tomar parte no evento”, lê-se no comunicado emitido hoje pela Federação Internacional do Automóvel.

“Se amanhã, no carro, me sentir a cem por cento, porque se trata de uma situação única com forças G em que muitas coisas acontecem. Seria o suficiente para não correr. A prioridade é marcar pontos e estar a cem por cento para a corrida. Imagine-se que eu não estava em condições para correr e teria de abandonar a meio porque não aguentava. Seria injusto para a equipa”, reagiu por sua vez Fernando Alonso.

Devido a todas estas condicionantes, e para evitar uma chama de última hora – como sucedeu no Bahrain mas que na China seria mais complicado devido à distância da Europa – Stoffel Vandoorne, o piloto de reserva viajou para aquele país asiático, podendo substituir novamente o espanhol no segundo McLaren-Honda.

2Shares

Mais partilhadas da semana

Subir