Motores

Félix da Costa com pódio após “uma corrida sempre ao ataque”

António Félix da Costa não escondia o seu contentamento após terminar a 11ª prova do Campeonato FIA de Fórmula E, realizada sábado em Nova York, na terceira posição.

O piloto português da BMWi Andretti partiu apenas de oitavo para esta corrida, depois de ter sido o mais rápido no grupo 1 de qualificação, mas depois efetuou uma recuperação que o levou até à discussão da segunda posição, numa corrida dominada e ganhar por Sebastien Buemi.

“Foi uma corrida sempre ao ataque. O carro estava muito equilibrado e consegui imprimir um ritmo muito forte desde o início. Nas voltas finais tentei atacar o segundo lugar do Mich (Evans) mas ele defendeu-se bem. Queria agradecer aos milhares de Portugueses que votaram em mim no’ fanboost’, pois fez a diferença numa das ultrapassagens que efetuei onde ativei o fanboost”.

“Sintam este pódio como de todos nós Portugueses. Por fim uma palavra ao Alexander (Sims) que foi um excelente companheiro de equipa e me facilitou a ultrapassagem visto que este pódio era bem importante para a BMW e para as contas do campeonato de pilotos”, referiu ainda o piloto de Cascais.Apesar do excelente resultado obtido e mesmo com Jean Eric Vergne (líder do campeonato) fora dos pontos, os quinze pontos recolhidos não foram suficientes para manter AFC na luta do campeonato.

Hoje disputa-se última prova da temporada 2018/2019 com o titulo ainda por decidir mas para António Félix da Costa o objetivo passa por “atacar ao máximo e tentar fechar a temporada com chave de ouro”.

“Apesar de já não ser possível lutar pelo titulo, o vice-campeonato está ao nosso alcance, onze pontos separam-me do Di Grassi pelo que vou entrar em pista cem por cento focado em atacar e dar tudo para terminar o ano em beleza”, acrescenta o piloto oficial da BMW.

Mais partilhadas da semana

Subir