Nas Notícias

Fã de Passos Coelho avança para a liderança da JSD

Margarida Balseiro Lopes é a primeira mulher a candidatar-se à liderança da Juventude Social Democrata (JSD). Fã de Passos Coelho, assume desde já que não receia “momentos de tensão com Rui Rio”.

Em entrevista ao I, a candidata insistiu ser, “com muito orgulho”, uma fã de Pedro Passos Coelho, “um líder que marcou muito” o PSD e, antes, a JSD.

“As lutas que teve com Cavaco e a autonomia que quis sempre vincar relativamente ao partido é uma inspiração para quem quer fazer da ‘jota’ uma estrutura autónoma”, salientou.

Nesse sentido, a candidata prometeu que, em caso de vitória, não ficará “refém” do PSD.

” A JSD só faz sentido se for autónoma”, insistiu.

A promessa de ser “leal” à direção de Rui Rio, sucessor de Passos Coelho, na liderança do PSD, surgiu, nesta entrevista, antes de Margarida Balseiro Lopes confessar que votou em Santana Lopes.

Mesmo no PSD, a agora candidata à liderança da JSD tornou-se conhecida por ser um dos rostos da tragédia de Pedrógão Grande e dos incêndios de outubro, na região de Leiria. Sentiu por isso “revolta” quando a acusaram de aproveitamento político, revelou ainda.

“Eu estava a dizer o que as pessoas que sentiram aquilo na pele me diziam. Pessoas que perderam a casa, a família. Eu não vi o que aconteceu em Pedrógão na televisão. Eu estava lá. Sei o que aquelas pessoas sentiram e a minha obrigação era levar isso para o Parlamento. Ser a voz dessas pessoas”, concluiu.

2Shares

Mais partilhadas da semana

Subir