Nas Notícias

Exposição “Os Ossos da Arquitetura” mostra como são pensadas estruturas dos edifícios

A exposição “Os Ossos da Arquitetura”, sobre a forma como são pensadas as estruturas internas dos edifícios, vai ser inaugurada na terça-feira, na Garagem Sul do Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa.

De acordo com a programação do CCB sobre aquele espaço dedicado à arquitetura, a exposição, que é inaugurada na terça-feira, às 19:00, estará patente até 15 de setembro de 2019, com curadoria de Mario Rinke e mostra o trabalho de vários projetistas europeus.

Serão apresentados trabalhos e métodos de sete arquitetos e engenheiros europeus, nomeadamente Bruther (França), Johansen Skovsted Arkitekter (Dinamarca), Brandlhuber+ (Alemanha), 6a architects (Reino Unido), Ingegneri Pedrazzini Guidotti (Suíça), Alejandro Bernabeu (Espanha) e Rui Furtado (Portugal), que permitem refletir sobre princípios, regras, estratégias e métodos de conceção estrutural.

“Além dos materiais que dão forma e aparência a um edifício, há pré-condições físicas que permanecem fundamentais – a sua sustentação como um todo e a capacidade de se manter em pé: tal como os animais têm ossos, cada edifício tem uma estrutura”, aponta um texto do CCB sobre a exposição.

Os edifícios “têm lógicas internas que não são negligenciáveis, a interconexão dos seus materiais e componentes dá-lhes força e, como consequência, essas lógicas impõem formas, padrões, ordens e constrangimentos”, acrescenta.

Nesta exposição, produzida pelo CCB/Garagem Sul, o visitante poderá aceder à longa tradição de pensamento na arquitetura “que toma a metáfora biomórfica para a estrutura portante, com a construção a tornar-se a anatomia da arquitetura”.

A ciência, novos materiais e tecnologias têm permitido uma liberdade extra no projeto de edifícios, levando a desenvolvimentos constantes.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir