Economia

Exportações aumentam mais do que as importações em julho

As exportações portuguesas de bens aumentaram 13 por cento em julho, acelerando em relação ao mês anterior (9 por cento), enquanto as importações aumentaram 11 por cento em termos homólogos, desacelerando face a junho (16,5 por cento).

Segundo os dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), excluindo os combustíveis e lubrificantes, as exportações aumentaram 11 por cento e as importações cresceram 11,4 por cento (contra a subida de 7,3 por cento e 8,6 por cento, respetivamente, em junho de 2018).

O défice da balança comercial de bens agravou-se em 32 milhões de euros face ao mesmo mês de 2017, para 1,168 mil milhões de euros.

Excluindo os combustíveis e lubrificantes, a balança comercial atingiu um saldo negativo de 788 milhões de euros, correspondente a um aumento do défice de 98 milhões de euros em relação a julho de 2017.

No trimestre terminado em julho de 2018, as exportações e as importações de bens aumentaram, respetivamente, 9,4 por cento e 8,7 por cento face ao mesmo período de 2017.

Mais partilhadas da semana

Subir