Motociclismo

Evolução positiva de ‘Kiko’ Maria no ETC em Valência

Francisco ‘Kiko’ Maria demonstrou uma franca evolução na segunda ronda do European Talent Cup, que este fim de semana teve lugar no Circuito Ricardo Tormo, em Valência.

O piloto português da Leopard Impala conseguiu qualificar-se com quase dois segundos e meio menos do que o seu anterior melhor registo, conseguido em outubro do ano passado, conseguindo depois terminar a corrida de sábado na 29ª posição e na de hoje ser 26º.

“O ritmo está altíssimo e sinto-me a evoluir de corrida para corrida. Basta dizer que me qualifiquei com um tempo que é quase 2,5 segundos menos do que o meu melhor registo anterior, conseguido em outubro passado”, declarou no final Kiko Maria.

Tendo largado das últimas linhas da grelha de partida para as duas corridas da chamada ‘Série de Elite’, para que se qualificaram apenas os 38 mais rápidos dos 63 concorrentes, o jovem piloto do Porto faz um balanço “globalmente bastante positivo”, e sublinha: “O objetivo era chegar ao fim e ir testando os meus atuais limites, conquistando o meu espaço no pelotão da frente”.

“Foram duas corridas com pilotos muito rápidos, todos de alto nível, numa pista tecnicamente exigente e em que só forcei uma ultrapassagem quando tive a certeza de que a margem de risco era mínima e podia ganhar alguma coisa com isso, subindo na classificação”, explicou.

No primeiro confronto, e com temperaturas mais amenas para os pneus Dunlop que equipavam as Honda NFS 250 R do pelotão, Kiko fixou o seu melhor tempo em 1m44,755s, depois de no sábado se ter qualificado com 1m45,475s. No segundo, com mais calor, também rodou mais rápido do que na véspera, mas ficou-se por 1m45,272s na sua volta mais rápida à pista valenciana, com pouco mais de quatro quilómetros de perímetro.

“Saio daqui confiante e sei que estou a evoluir como nunca na minha carreira. Mais corrida menos corrida, confio que chegarei aos pontos”, assinala o piloto, vice-campeão nacional de PréMoto 3, cujo campeonato arranca no próximo fim de semana, no Estoril.

A segunda das sete jornadas da European Talent Cup deste ano teve no espanhol Izán Guevara o grande protagonista, ao triunfar em ambas as corridas, depois de já ter sido o mais rápido nas qualificações, com 1m43,136s na sua melhor volta.

Esta competição regressará no fim de semana de 8 e 9 de junho, com a realização de uma única corrida em Barcelona.

56Shares

Mais partilhadas da semana

Subir