Motores

“Estratégia errada” ‘empurrou’ Pedro Lamy para o sexto lugar em Spa

Pedro Lamy não conseguiu o resultado que desejava nas 6 Horas de Spa-Francorchamps, penúltima prova da super temporada do Campeonato do Mundo de Resistência (WEC).

A sexta posição na categoria GTE AM esteve longe de ser a classificação que o piloto português e os seus companheiros de equipa, Paul Dalla Lana e Mathias Lauda, ambicionavam na pista belga.

Se na qualificação a tripla do Aston Martin Vantage # 98 tinha já enfrentado algumas dificuldades, nada os preparou para as condições climatéricas horríveis em que se disputou a corrida, pois houve chuva e neve. Isso obrigou a várias neutralizações da prova, com a entrada do ‘safety car’ em pista e uma situação de bandeira vermelha antes do final da corrida.

Esta instabilidade e incerteza em nada ajudou Lamy e os eus companheiros. Isto apesar da prova até ter começado bem para a equipa do Aston Martin # 98. “A parte inicial correu bem. O carro estava equilibrado e estávamos a conseguir manter o andamento”, recorda o piloto português.

Foto: Nick Dungan

Contudo depois tudo se complicou, como explica Lamy: “Quando chegou o meu turno a equipa decidiu mudar para pneus intermédios, o que se demonstrou ser a estratégia errada. A pista estava muito molhada e fui obrigado a entrar de novo nas boxes para trocar para pneus de chuva. Esta situação fez-nos perder tempo e lugares que não foi possível de recuperar”.

Agora é tempo de pensar na prova final do WEC, as 24 Horas de Le Mans a meio do mês de junho, onde a abordagem é um pouco diferente de Spa, mas até lá a Aston Martin Racing tem tempo para que a preparação para a grande ‘clássica’ se faça com todo o cuidado.

4Shares

Mais partilhadas da semana

Subir