Fórmula 1

“Estava pronto para correr apesar das dores” diz Alonso

AlonsoResignadoBahrain2

Fernando Alonso afirma que “percebe” e “respeita” a decisão da Federação Internacional do Automóvel (FIA) de não permitir que compita no Grande Prémio do Barhain de Fórmula 1 este fim-de-semana.

Ao espanhol da McLaren, que sofreu um grande acidente na primeira prova do ano, na Austrália, foi diagnosticado um pneumotórax – uma fratura numa vértebra suficiente – para o pôr em risco em caso de novo acidente.

“Estou um bocado desiludido. Mas é compreensível. Respeito esta decisão. Tentei à última hora participar na corrida, ou pelo menos treinar. Senti algumas dores durante dias em casa. Mas estava pronto para correr se me deixassem, apesar destas dores”, afirmou Alonso depois de saber da decisão.

“A dor pode-se gerir se não pensarmos muito nela. Há outros riscos em que os médicos pensam. É uma gestão de risco que eu percebo. Para minimizar tudo é lógico que o façam. Estou um bocado triste por isso, mas é a única cosa a fazer”, refere ainda o piloto de Oviedo.

Fernando Alonso ainda não tem a certeza se poderá alinhar no Grande Prémio da China. “Será outro exame, que preciso de fazer dentro de oito ou dez dias. Depois desse exame a FIA vai avaliar novamente. Em primeiro lugar está a segurança”, remata.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir