África

Especialistas portugueses formam estudantes moçambicanos em matérias de medicina

Um total de 200 estudantes de mestrado no Instituto Superior de Ciências e Tecnologia Alberto Chipande em Moçambique estão a ser formados na área de medicina geral por especialistas portugueses, uma iniciativa promovida pela Health for Mozambican Children and Families.

“A ideia é garantir que estes especialistas partilhem a sua experiência com os nossos docentes”, declarou Júlio Thaimira, do Instituto Superior de Ciências e Tecnologia Alberto Chipande em Sofala, centro de Moçambique, citado hoje pela Televisão SVT.

O programa da formação, com duração de cinco dias, abrange as áreas como ginecologia, pediatria e assistência à gravidez.

“Há problemas de quadros nestas matérias e, portanto, esperamos que esta formação sirva para melhorar a qualidade do trabalho deste grupo”, declarou Júlio Thaimira.

Por sua vez, a presidente da Health for Mozambican Childrem and Families, Carla Rêgo, disse que a organização não-governamental portuguesa está aberta para apoiar planos futuros, cujo foco está na assistência à saúde das pessoas.

“Estamos totalmente disponíveis para apoiar iniciativas similares em todas dimensões, tanto na questão da ciência como no apoio em geral”, concluiu Carla Rêgo.

Mais partilhadas da semana

Subir