Desporto

“Esmifram-se para prender Rui Pinto, deixam à solta Ricardo Salgado”, lembra Ana Gomes

A extradição de Rui Pinto, denunciante do caso ‘Football Leaks’, esteve na origem das novas críticas da eurodeputada Ana Gomes à justiça portuguesa, mais interessada em “prender perigosos denunciantes” do que em combater efetivamente a corrupção.

A socialista, que tem sido das figuras políticas mais mediáticas na luta contra a corrupção, já tinha criticado o Ministério Público português por ‘perseguir’ quem denuncia os alegados casos em vez de quem pratica ou beneficia dessa corrupção.

Hoje, depois de conhecida a decisão da justiça húngara de extraditar Rui Pinto (a pedido da congénere portuguesa), Ana Gomes voltou a manifestar-se solidária para com o hacker.

“Pois, pois! Autoridades portuguesas esmifram-se para prender ‘perigoso’ whistleblower Rui Pinto, que denuncia corruptos. Mas deixam tranquilitos e à solta criminosos e corruptores do gabarito de Ricardo Salgado e capangas”, escreveu a eurodeputada, no Twitter.

A extradição de Rui Pinto ficou entretanto suspensa, dado que o arguido apresentou recurso.

74097Shares

Mais partilhadas da semana

Subir