Nas Notícias

Esfaqueado até à morte em Fafe por dar parabéns a amiga no Facebook

Uma mulher responde em tribunal pelo crime de homicídio qualificado e violência doméstica agravada contra o namorado, que foi esfaqueado até à morte. A jovem, que é a principal suspeita, terá matado o namorado após este ter dado os parabéns a uma amiga no Facebook.

De acordo com o Jornal de Notícias (JN), Letícia Gonçalves, de 22 anos, esfaqueou o namorado no pescoço, na localidade de Pardelhas, concelho de Fafe.

O Ministério Público (MP) de Guimarães acusa Letícia de ter matado Luís Filipe Rodrigues, de 21 anos, após este ter dado os parabéns a uma amiga no Facebook.

O MP considera que a principal suspeita deste crime agiu “por ciúmes”, na madrugada de 17 de outubro do ano passado.

A morte de Luís Filipe Rodrigues, cujo caso começou agora a ser julgado, terá ocorrido na habitação que o casal partilhava há pouco tempo.

Segundo o JN, o casal discutiu e Luís Filipe Rodrigues terá manifestado vontade de terminar a relação.

Passadas algumas horas, a mulher recorreu a uma faca de cozinha para esfaquear o namorado até à morte, aproveitando o momento em que este se preparava para ir trabalhar.

Na acusação do MP, que o JN teve acesso, é detalhado que Letícia entrou “com uma faca que trouxera da cozinha, desferiu-lhe um golpe no pescoço” e terá sido ela a dar o alerta para as equipas de emergência, revelando que Luís se tinha cortado.

O MP descreve Letícia como uma mulher “possessiva” e “obcecada” pelo namorado, ao ponto de lhe controlar as redes sociais.

As discussões entre o casal, ainda de acordo com o JN, eram recorrentes.

Após ser esfaqueado, Luís Filipe Rodrigues ainda foi transportado para o Hospital de Braga mas não resistiu aos ferimentos, acabando por morrer.

Mais partilhadas da semana

Subir