Mundo

Epidemia de Ébola: Na Libéria há recolher obrigatório sem fim à vista

ebola v02 A partir das 21h00 de hoje, a Libéria está sob recolher obrigatório. A medida foi decretada pela Presidente, Ellen Johnson Sirleaf, como forma de ajudar a conter a epidemia de Ébola. Há ainda dois bairros sob quarentena, um deles na capital.

O recolher obrigatório entra hoje em vigor na Libéria, quando forem 21h00 no país (22h00 em Portugal continental).

A medida foi decretada pela Presidente, Ellen Johnson Sirleaf, para ajudar as autoridades de saúde a controlarem a epidemia de Ébola.

“A partir de quarta-feira, 20 de agosto, entrará em vigor um recolher obrigatório entre as 21h00 e as 06h00”, afirmou a chefe de Estado, ontem, num comunicado ao país transmitido pela televisão.

Dos quatro países africanos onde a epidemia de Ébola está mais ativa, a Libéria é o que regista o maior número de mortos: das 1229 vítimas mortais contabilizadas pela Organização Mundial de Saúde, 466 foram registadas em território liberiano.

A Presidente decretou ainda que dois bairros, um deles na capital, sejam colocados sob quarentena.

Em destaque

Subir