Nas Redes

Enfermeira ‘recusada’ no Guinness porque não correu de saia

Jessica Andersen, enfermeira britânica que trabalha no Royal London Hospital, tornou-se neste domingo a mulher mais rápida a correr uma maratona num uniforme de enfermeira. Porém, a marca foi ‘recusada’ pelo Guinness, uma vez que a profissional não correu de saia, peça habitualmente associada à profissão.

É um caso que está a gerar polémica e que já forçou a Guinness World Record a reagir. Jessica Andersen bateu este domingo o recorde do mundo para a mulher mais rápida a correr uma maratona de enfermeira, mas viu a marca ser rejeitada.

A empresa não aceitou o registo histórica porque Jessica não correu de saia, peça habitualmente associada à farda de enfermeira, mas sim com o uniforme com que trabalha diariamente no Royal London Hospital.

“É assim que a maratonista mais rápida do mundo vestida num uniforme de enfermeira de facto se parece”, denunciou a própria nas redes sociais.

Entretanto, a Guinness World Record reagiu em comunicado, sublinhando a “necessidade de uma imediata revisão” destes critérios.

13Shares

Em destaque

Subir