Economia

Empresa lusa propõe-lhe suspender a carreira e viajar pelo mundo. Alinha?

Conceito inovador promove uma experiência intercultural destinada a jovens e também a quem quiser fazer uma pausa na carreira. Veja o vídeo.

A VidaEdu, empresa nacional no setor da educação, vai disponibilizar, pela primeira vez, em Portugal, o programa ‘Ano Sabático’ remunerado, com a duração de até um ano, que permite a todos os jovens viajar pelo mundo.

“O programa ‘Ano Sabático’ apresenta como lema ‘tu és do tamanho do mundo que conheces’ e pretende colmatar a inexistência, no nosso país, de oportunidades diferenciadoras não só para os jovens, de todos os anos de escolaridade, como também para pessoas que queiram fazer uma pausa na carreira e partir à aventura com a garantia que viajam com tudo confirmado e em segurança”, explica Paulo Martins, diretor-geral da VidaEdu.

E como garantir meios financeiros para suportar um ano a viajar, com uma pausa no trabalho?

 “Para garantir as despesas relacionadas com a deslocação e estadia, as pessoas que integrem o programa ‘Ano Sabático – Viajar & Trabalhar’ terão ao seu dispor programas com remuneração como cuidar de crianças, trabalhar na hotelaria, restauração ou agricultura”, acrescenta.

Este programa inovador permite fazer uma pausa para aprender diferentes idiomas nos países de origem ou planear um ano de voluntariado em continentes como a África, Ásia e América Latina.

A apresentação oficial deste projeto vai decorrer no dia 15 de outubro, às 10h30, no Hotel Fénix Lisboa, em Lisboa.

Do painel vão constar personalidades ligadas à área da educação internacional e empregabilidade.

A atriz Mikaela Lupu vai também marcar presença e será uma das primeiras participantes deste novo programa e irá estudar e trabalhar em Londres e Sevilha e fará voluntariado na Índia.

Veja o vídeo:

Mais partilhadas da semana

Subir