Nas Notícias

“EMEL tem motos melhores do que a polícia para perseguir carros estacionados”

Uma opinião de Eduardo Oliveira e Silva revelou um dado que promete gerar polémica. Há empresas municipais de estacionamento, como a EMEL, com uma frota melhor do que a das forças de segurança.

No artigo publicado no Diário de Notícias, o jornalista criticou as “medidas demagógicas e interesseiras no Código da Estrada” quando há uma “perseguição frenética”, mais conhecida como caça à multa, até por parte de “empresas municipais que gerem o estacionamento”.

“O paradigma é a EMEL, em Lisboa, que agora até tem uma brigada de motos melhores e mais recentes do que as da polícia para perseguir carros que estão estacionados (!?). Melhor do que isto, só nos Monty Python”, escreve.

Eduardo Oliveira e Silva critica a ausência de medidas de prevenção rodoviária e dá como exemplo “algumas estradas nacionais, nomeadamente a tenebrosa Nacional 125”.

“Há sobretudo uma caça ao negócio e à multa, além de um desrespeito pela verdadeira segurança”.

O jornalista critica ainda as medidas do Estado, não isentando nenhum Governo, considerando que “a segurança não é prioridade”.

Dá como exemplo “as revisões das concessões das SCUT e autoestradas”, que, na sua opinião, “aligeira as obrigações de manutenção dos concessionários, ou seja, aumentar a degradação e os riscos de acidente”.

5Shares

Mais partilhadas da semana

Subir