Nas Redes

“Em Portugal, a maioria não tem memória”, lamenta Nuno Melo

Nuno Melo, eurodeputado eleito pelo CDS, escreveu que a maioria dos portugueses não tem “memória”, a propósito da aprovação do Orçamento de Estado para 2020 (OE2020).

Num post publicado no Twitter, o dirigente centrista apontou o dedo a António Costa, depois do primeiro-ministro ter sublinhado a “responsabilidade nas contas” do OE2020.

Seria uma “comédia”, sustentou, se os portugueses tivessem… “memória”.

“Ouvir um primeiro-ministro que noutro governo integrou o colectivo que duplicou a dívida pública e trouxe a bancarrota, falar agora de responsabilidade nas contas, só não é comédia porque em Portugal a maioria não tem memória”, escreveu Nuno Melo.

214Shares

Em destaque

Subir