Desporto

Elsa Judas apaga todos os posts sobre Bruno de Carvalho e Sporting

Depois da entrevista de ontem, Elsa Tiago Judas ‘desapareceu’ do Facebook. A ex-dirigente do Sporting apagou todos os posts sobre Bruno de Carvalho e a realidade leonina, deixando apenas algumas fotos da natureza.

Tão rápido como ‘explodiu’ na rede social, a ex-líder da comissão transitória da mesa da Assembleia-Geral do Sporting (órgão nomeado pela direção de Bruno de Carvalho e não reconhecido pelos tribunais) ‘desapareceu’, deixando um perfil inócuo.

Quem consultar a página de Elsa Judas encontra uma imagem do mar ao entardecer (“A simplicidade da natureza”, legendou), publicada há quase um mês (a 24 de junho).

A ex-dirigente do Sporting apagou os posts em que prometia revelar “a grande verdade” sobre Bruno de Carvalho, em que retirava o apoio à candidatura do ex-presidente e em que aconselhava Bruno a “retirar-se por uns tempos“.

Foi também eliminada a acusação de que a Sporting TV estava “a sanear” comentadores.

Não é, propriamente, uma novidade: a advogada já tinha eliminado o polémico post em que acusara Trindade Barros de traição.

Ontem à noite, Elsa Judas participou num programa da CMTV e explicou-se sobre várias polémicas, como “os alegados 10 mil euros” citados num post de Bruno de Carvalho.

Sobre esse caso, chamou “mentiroso” e “aldrabão” ao ex-presidente, o mesmo que durante meses apoiou publicamente.

Depois de revelar o alegado plano de Bruno de Carvalho para “lixar” Carlos Vieira, a advogada concluiu a entrevista garantindo que o presidente destituído “não está em condições” para voltar a presidir ao Sporting.

Uma longa tomada de posição que culminou, agora, com o ‘desaparecimento’ do Facebook. Tão subitamente como tinha aparecido.

Mais partilhadas da semana

Subir