Nas Notícias

El Corte Inglés retoma projeto no Porto

O vereador do Economia, Turismo e Comércio da Câmara do Porto, Ricardo Valente revelou hoje que o projeto de construção El Corte Inglés na rotunda da Boavista vai “renascer”.

“O projeto do El Corte Inglês, de facto, vai renascer no Porto. (…) O que sabemos é que o El Corte Inglés já demonstrou a intenção de fazer nascer ali um projeto, que é um projeto multifuncional”, afirmou em declarações à Lusa.

Segundo aquele responsável, o grupo espanhol está “neste momento a tratar da questão do licenciamento”, facto que deixou a Câmara do Porto muito “satisfeita”.

“Para nós, é extremamente relevante o desenvolvimento de um projeto naquela zona da cidade”, declarou, sublinhando que “é fundamental que aquela área que é cratera” desapareça.

A ideia, revelou o vereador, é que projeto, que será algo mais segmentado, inclua para além da área comercial, outros equipamentos como ginásios e até uma zona hoteleira.

À Lusa, Ricardo Valente, mostrou-se ainda convicto de que a construção do espaço comercial que tinha sido chumbada pela Câmara do Porto à data liderada por Rui Rio, possa arrancar em 2020, se os projetos de arquitetura ficarem prontos até ao final deste ano.

Em outubro de 2003, a Lusa noticiava que a empresa espanhola negociou durante mais de dois anos com a Câmara do Porto a sua instalação na cidade, mas não foi possível chegar a acordo sobre a localização exacta.

A empresa pretendia construir a sua mega-loja num terreno junto à Rotunda da Boavista e à Casa da Música, enquanto a autarquia queria localizar o El Corte Inglés na Baixa.

Ante o impasse, que durava há meses, a empresa espanhola optou por escolher Vila Nova de Gaia, depois de “largos meses de negociações”.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir