Tecnologia

Eis o Gear S2, o novo relógio inteligente da Samsung, já à venda

Parece um smartwatch, mas quer ser mais do que é. A Samsung lançou o Gear S2 para lutar pelos lugares cimeiros de um mercado cada vez mais maduro. O sistema operativo Tizen promete responder às necessidades dos consumidores sem perder os hábitos de um relógio tradicional.

O mercado dos relógios inteligentes está cada vez mais maduro e os utilizadores já não se impressionam com um modelo novo: é preciso que seja inovador.

A Samsung quer disputar a liderança do mercado, juntando-se à luta entre a Apple e o Google, e para tal apostou forte no Gear S2, que chegou agora ao mercado com um sistema operativo próprio (Tizen), tal como faz a concorrência.

E a primeira grande vantagem do novo modelo é a recuperação do ‘velho’ relógio, no formato redondo (com um ecrã Amoled de 1,2 polegadas) e na coroa que permite navegar os atalhos para as várias funcionalidades.

O gigante sul-coreano facilitou bastante a interface com esta coroa, ‘reforçada’ com dois botões que também permitem a navegação entre funções.

Entre as aplicações disponíveis, saltam à vista as relacionadas com a saúde, como os sensores para monitorizar batimentos cardíacos e contar os passos dados ou o tempo de uma corrida.

É um smartwatch que lhe dá música (se tiver auscultadores Bluetooth), que pode guardar nos 4 GB de memória interna, entre outras funcionalidades.

O Tizen permite aproveitar as apps criadas para Android (4.4 ou superior), mas não corre as feitas para iOS.

Por cá, o Gear S2 custa entre 350 euros e 380, caso queira optar pela versão ‘Classic’, com braceletes em pele.

Em destaque

Subir