Nas Notícias

Efeito das drogas: Jornalista ri durante ação das autoridades

jornalista drogado O jornalista Quentin Sommerville estava a acompanhar uma destruição de drogas quando começou a sentir os efeitos do fumo. Com os narcóticos a arder, o repórter desata a rir. O operador de câmera tentou apressá-lo, mas acabou também às gargalhadas.

O jornalismo é uma profissão de risco. Que o diga Quentin Sommerville, o repórter da BBC que ficou sob os efeitos de drogas enquanto trabalhava.

Em 2010, o correspondente da BBC no Médio Oriente estava a acompanhar uma ação das autoridades na luta contra os narcóticos. Quentin Sommerville estava a explicar os procedimentos para a destruição de substâncias ilícitas quando foi envolvido pelo fumo de várias drogas a arder.

Os efeitos são bem visíveis: o jornalista, inebriado com o serviço, não consegue conter o riso…

“Atrás de mim estão a ser queimadas oito toneladas e meia de heroína, ópio, haxixe e outras drogas”, conseguiu dizer antes de soltar a primeira gargalhada.

O operador de câmera bem tentou apressar Quentin Sommerville, pedindo só mais um ‘take’, mas ambos os profissionais estavam já sob o efeito do fumo dos estupefacientes.

Apesar de gravado em 2010, o vídeo só agora foi partilhado pelo próprio jornalista da BBC, no Twitter.

“Queridos seguidores, este ano foi cheio de balas e derramamento de sangue. Merecem uma gargalhada no Natal, às minhas custas”, legendou Sommerville, que mais tarde viria a remover o vídeo.

https://www.youtube.com/watch?v=446v4UFhr0c

Em destaque

Subir