Desporto

“É importante que se fale num Sporting a uma só voz”, apela Benedito

O candidato à presidência do Sporting João Benedito pediu que, a partir de hoje, se fale no clube “a uma só voz” e apelou aos sócios que vão votar num dia “extremamente importante” para os sportinguistas.

Hoje é “um dia extremamente importante para todos os sportinguistas. Hoje decide-se o futuro do Sporting Clube de Portugal. Como é lógico, mais uma vez, com um sinal de vitalidade enorme. [A votação] Tem corrido de uma forma fantástica. Desde que entrámos lá em baixo na fila, uma hora até chegar aqui em cima. Está mesmo muita gente, mas as coisas têm fluido muito bem. Desde já, [é] um sinal de futuro e de vitalidade e, como tal, daqui para a frente, esperamos que assim seja, sempre”, afirmou João Benedito aos jornalistas, após votar.

O candidato da lista A disse que “foi uma campanha intensa e esclarecedora”, mas pediu que a partir de hoje os sócios do Sporting estejam todos unidos relativamente àquilo que é o futuro e os desígnios do clube.

“O importante hoje é que o Sporting saia solidificado. Já está a começar a ser com esta afluência. É importante que toda a gente venha (…), e que, a partir de hoje, se fale no Sporting a uma única só voz”, apelou João Benedito.

Questionado sobre a legitimidade deste ato, o candidato da lista A frisou que os resultados destas eleições têm de ser respeitados.

“Hoje considero-me um sportinguista, votante, sócio, para vir exercer aqui o meu direito de voto. Quantos mais pessoas vierem, mais legitimado fica este ato, mas temos de assumir aquilo que é a vontade dos sportinguistas, aquilo que é a vontade que saia deste escrutínio. E como tal, assim o respeitarei, como fiz durante toda a minha vida, como atleta e futuramente como presidente, espero eu”, salientou João Benedito.

Acompanhado de alguns elementos do ‘staff’ da sua candidatura, o antigo jogador de futsal do clube e empresário desejou que hoje se comece a construir o futuro do clube.

“É um dia muito importante para o Sporting. Apelo ao voto das pessoas que estão lá em casa, que venham todas votar. É um sinal de vitalidade, chegar aqui às 09:00 da manhã e ver já gente na fila antes de abrirem as portas para o ato eleitoral. Está tudo extremamente organizado, venham, sintam-se orgulhosos daquilo que é a organização do Sporting, daquilo que é o nosso clube para que possamos, já hoje, começar a construir o futuro do clube”, reiterou João Benedito.

O candidato da lista A acredita num “futuro risonho” para o Sporting e, “aconteça o que acontecer”, segundo o próprio, “já está demonstrado [hoje] um grande sinal de vitalidade”, acrescentando que hoje não é dia de se “falar sobre projetos ou campanhas”, mas sim um dia “para chamar” os sócios a votar e para que os sportinguistas se sintam “orgulhosos”.

Esta é a maior operação do género no clube lisboeta, visto que os 51.009 sócios com direito a voto constituem também o número máximo alguma vez alcançado.

João Benedito (lista A), José Maria Ricciardi (B), Frederico Varandas (D), Rui Jorge Rego (E), José Dias Ferreira (F) e Fernando Tavares Pereira (G) são os seis pretendentes que se mantiveram até ao fim na corrida, após a desistência de Pedro Madeira Rodrigues (C), derrotado por Bruno de Carvalho em 2017, que se tornou apoiante de Ricciardi.

33Shares

Mais partilhadas da semana

Subir