Mundo

“É imperativo que o nosso mundo seja reconstruído com equilíbrio e vigor”

António Guterres, secretário-geral da ONU, defendeu ser “imperativo” reconstruir o mundo após a pandemia de covid-19.

“É imperativo que o nosso mundo seja reimaginado, reconstruído, desenhado de novo com equilíbrio e vigor”, defendeu Guterres, durante uma videoconferência de apresentação do próximo Fórum de Davos, agendado para janeiro de 2021.

A pandemia “expôs a fragilidade mundial”, mas há muitos outros problemas a resolver nessa reconstrução.

“Os problemas expostos não se limitam aos sistemas sanitários, mas também a alterações climáticas descontroladas, níveis insustentáveis de desigualdade e um ciberespaço anárquico”, alertou o secretário-geral da ONU.

Guterres exortou o mundo a “reequilibrar o investimento em ciência e tecnologia e avançar com a transição para zero emissões” de gases que causam o aquecimento global.

“A melhor homenagem que pode ser feita aos que perderam as vidas nesta pandemia é um mundo mais verde, inteligente e justo”, complementou depois Kristalina Georgieva, diretora-geral do Fundo Monetário Internacional.

0Shares

Em destaque

Subir