Nas Notícias

Duquesa de Sussex editou número da Vogue britânica que se foca em mulheres

A duquesa de Sussex, Meghan Markle, editou o número de setembro da revista Vogue no Reino Unido, na qual destacada 15 personalidades femininas que “romperam barreiras” e conversa com a ex-primeira-dama norte-americana, Michelle Obama.

A duquesa, que foi mãe em maio, é a primeira famosa a exercer a função de “diretora convidada” para a edição de setembro, que é considerada a mais importante do ano porque é nela que é anunciada a coleção de outono-inverno, explicou o diretor da publicação, Edward Enninful.

Meghan é o terceiro membro da família real britânica a participar na revista, depois de Diana o ter feito três vezes e Kate, duquesa de Cambridge, ter sido capa da Vogue em 2016, para a celebração do centenário da publicação.

A duquesa trabalhou durante sete meses na preparação deste número, com o título de “Forças para mudança”, que junta 15 mulheres de várias áreas e etnias e destaca os seus trabalhos ou experiências pessoais que contribuem para mudar o mundo.

Na capa é possível observar-se a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Arden, a ativista pelo o meio ambiente Greta Thunberg, as atrizes Jane Fonda, Salma Hayek Pinault, Laverne Cox, Jameela Jamil, Yara Shahidi e Gemma Chan, as modelos Christy Turlington Burns, Adwoa Aboah e Adut Akech, a lutadora de boxe Ramla Ali, a ativista pela diversidade Sinead Burke, a bailarina Francesca Hayward e a escritora Chimamanda Ngozi Adichie.

Também, na capa, está um quadrado cinzento que serve como um espelho para que o leitor seja refletido e se sinta “inspirado” para melhorar o mundo à sua volta, segundo a mensagem da duquesa no interior, que não aparece na capa porque a própria considerou que teria sido “presunçoso”, de acordo com Enninful.

No interior da revista constam as conversas de Meghan Markle com Michelle Obama, com Jane Goodall, primatóloga, e com o seu marido, o Príncipe Harry.

Numa mensagem dirigida aos leitores sobre a revista que chegará ao público no dia 02 de agosto, a duquesa disse que “foi muito gratificante” trabalhar com Enninful e com a sua equipa, assim como dedicar este exemplar “aos valores, às causas e às pessoas que têm um impacto no mundo de hoje”.

“Através desta lente, espero que o leitor sinta a força coletiva desta seleção diversificada de mulheres escolhidas para a capa e da equipa que escolhi para me apoiar”, escreve a ex-atriz.

“Espero que os leitores se sintam tão inspirados quanto eu pelas forças de mudança que encontrarão nestas páginas”, disse a duquesa no seu editorial.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir