Motores

Duplo pódio para Pedro Carvalho em Idanha

Pedro Carvalho subiu ao pódio da competição SSV da Baja de Idanha-a-Nova, quinta prova do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, que no passado fim de semana teve como ‘palco’ as paisagens de Idanha e Penamacor.

Na prova da Escuderia de Castelo Branco o piloto da SGS Car Racing, que foi acompanhado por André Guerreiro esteve em excelente plano aos comandos de um dos dois Can-Am Maverick X3 da equipa. Um contraste com João Dias, que no outro foi forçado a abandonar quando ocupava a quarta posição.

Pedro Carvalho completou o prólogo e o primeiro setor seletivo de 115,77 km no sexto lugar, arrancando para o dia seguinte apostado em conquistar a vitória, mas um problema nos travões veio a condicionar o andamento desta dupla que ainda assim e, apesar do contratempo, conseguiu terminar em terceiro lugar absoluto e na segunda posição do Troféu Can-Am.

“Esta foi uma prova longa, difícil. Não foi tão bom quanto gostaríamos. Queríamos ter ganho. Tivemos problemas de travões. No primeiro dia estavam ótimos. Depois montámos outra jante, mas os travões batiam na jante, tivemos que adaptar. Não tive travões durante toda a segunda etapa. Como é uma prova longa também beneficiei de alguns azares e acabei por fazer um bom resultado. Fazer uma especial de mais de 230 km sem travões é muito cansativo”, explicou o piloto.

João Dias. que vinha a demonstrar um andamento notável. partiu para segunda etapa de 234.75 km cronometrados da segunda posição, mas nessa especial teve problemas na correia de variador. E o piloto, que foi acompanhado por João Miranda, teve de desistir quando se partiu a jante traseira, a 90 km do fim da especial

Mais partilhadas da semana

Subir