Motociclismo

Na Ducati não há qualquer pressão para ganhar no Qatar

DucatiSemPressao1

Segundo os responsáveis da Ducati a equipa não sente qualquer pressão para vencer na primeira corrida da temporada de MotoGP, no Qatar. Isto apesar de no passado Casey Stoner ter conseguido ganhar três vezes no circuito de Losail – entre 2007 e 2009.

Este ano a equipa de Borgo Panigale tem nas suas fileiras o tricampeão do mundo Jorge Lorenzo, pelo que as expetativas sobre o desempenho das Desmocedici na prova de abertura da época são enormes.

Para além dos feitos de Stoner, a Ducati tem tudo bons desempenhos nos dois úlimos anos, com os segundos lugares obtidos por Andrea Dovizioso, e Paolo Ciabatti, diretor desportivo da equipa, acredita que Jorge Lorenzo se pode estrear com uma vitória.

Mas o presidente da marca italiana, Claudio Domenicalli é mais prudente. Insiste que não sente qualquer obrigação de vencer em Losail: “Não há pressão. Sabemos que ainda temos muito trabalho para fazer, mas sabemos que já fizemos muito”.

“É um pouco como quando temos um exame e estudamos e continuamos a ter medo de surgirem surpresas. Mas estamos a jogar pelo seguro em termos de conhecimento para dar o nosso melhor – e se alguém está calmo não há pressões. Não vamos para o Qatar com a ideia do tudo ou nada. Vai ser uma corrida como nenhuma outra. Se correr bem, melhor, ,as de contrário faremos por melhorar nas seguintes”, enfatiza Domenicalli.

ClaudioDomenicaliSemPressao

2Shares

Em destaque

Subir