Desporto

Dortmund perde com Schalke 04 e deixa Bayern com ‘caminho’ aberto para o ‘hepta’

O Borussia Dortmund deu hoje um ‘passo’ atrás na luta pelo título alemão de futebol, ao perder por 4-2 na receção ao Schalke 04, em jogo da 31.ª jornada, e pode ver o Bayern Munique distanciar-se na liderança.

Com o internacional português Raphael Guerreiro de início, o Borussia adiantou-se no marcador aos 14 minutos, por intermédio de Mario Götze, só que Daniel Caligiuri, aos 18 e 62, e Salif Sane, aos 28, operaram a reviravolta dos ‘mineiros’.

Já sem Marco Reus e Wolf, expulso no espaço de cinco minutos, o Dortmund relançou a partida aos 85 minutos, graças ao ex-benfiquista Axel Witsel reduzir, mas, no minuto seguinte, o suíço Breel Embolo sentenciou o destino da partida.

Com esta esta derrota, o Borussia Dortmund, segundo colocado, com 69 pontos, pode ficar a quatro pontos do líder e hexacampeão Bayern Munique, que tem 70, caso este vença em Nuremberga, no domingo, enquanto o Schalke 04, primeiro classificado acima da ‘linha de água’, ganhou ‘fôlego’ na luta pela manutenção, quando faltam três jornadas para o final.

Já o Eintracht Frankfurt, que eliminou o Benfica nos quartos de final da Liga Europa, voltou a ceder pontos e somou o segundo empate seguido, não saindo de um nulo (0-0) na receção ao Hertha, que terminou o encontro reduzido a 10, por expulsão de Lukas Klunter, aos 80 minutos.

O Eintracht, que é quarto colocado, pode ser hoje igualado pelo Borussia Mönchengladbach, que defronta o Estugarda, e disse mesmo ‘adeus’ à possibilidade de alcançar o terceiro posto, estando agora a 10 pontos de distância do Leipzig, que venceu por 2-1 o Friburgo.

Sem o internacional português Bruma, lesionado, o terceiro classificado marcou por intermédio de Timo Werner e do sueco Emil Forsberg, aos 19 e 78 minutos, sendo que, pelo meio, o italiano Vincenzo Grifo reduziu para os visitantes, aos 66.

Ao fim de nove jogos sem ganhar, oito dos quais com derrotas, o lanterna-vermelha Hannover bateu o Mainz, por 1-0, com um golo de Hendrik Weydandt, ao passo que o Fortuna Düsseldorf venceu o Werder Bremen por esclarecedores 4-1.

Mais partilhadas da semana

Subir