Nas Notícias

Dois copos de vinho limpam o cérebro e reduzem o risco de demência

O vinho pode ser o melhor ‘detergente’ para limpar o lixo do cérebro. E ainda ajuda a reduzir o risco de demência, indica um estudo realizado na Universidade de Rochester, em Inglaterra.

Nos ensaios com ratinhos, uma quantidade de etanol equivalente a dois copos e meio de vinho demonstrou resultados animadores na limpeza de substâncias inúteis que o cérebro vai acumulando.

“Sabemos que o consumo excessivo e prolongado de álcool tem um efeito adverso no sistema nervoso central, mas com este estudo provámos que, em pequenas quantidades, o álcool pode fazer bem ao cérebro”, salientou Maiken Nedergaard.

O coordenador da equipa de cientistas não revelou se o vinho testado era tinto ou branco, mas deu a entender que outras bebidas alcoólicas, como a cerveja, poderão ter um impacto semelhante.

O estudo foi realizado pelos mesmos investigadores que, em 2012, demonstraram que o fluído espinal do cérebro é injetado nos tecidos cerebrais para eliminar o lixo, incluindo as placas de proteína associadas ao Alzheimer.

Em destaque

Subir