Desporto

Diretor do jornal do Benfica chama “besta negra” a Jorge Andrade

José Nuno Martins, diretor do jornal do Benfica e comentador da BTV, reagiu às declarações de Jorge Andrade sobre João Félix, tratando o ex-internacional como “besta negra” e “caceteiro”.

Num comentário sobre a postura agressiva do Sporting no dérbi de quarta-feira, José Nuno Martins evocou “o verdadeiro Andrade”, referindo-se a Jorge Andrade.

“Estou convencido de que não sairemos do Campo Grande na segunda mão sem enfiar lá uma ou duas batatas, desde que não se volte a verificar uma entrada do nosso rival com a intensidade preconizada pela aquela besta negra que defendia em pleno serviço público de televisão de televisão”, afirmou o comentador da BTV: “Logo aos três minutos de jogo houve um tipo [Ilori] que tentou anular [João Félix] por esse método preconizado pelo Andrade”.

José Nuno Martins referia-se ao “pisão” que Jorge Andrade, “se jogasse”, daria em João Félix.

“Esse tal Andrade foi um caceteiro no Estrela da Amadora, no FC Porto, no Corunha e até se ter lesionado definitivamente”, continuou o diretor do jornal do Benfica.

O comentador da BTV exigiu que a diretora de informação da RTP veja quais os “andrades” que “tem debaixo do seu telheiro”.

“Não é possível continuarmos a ouvir este tipo de comentários que tem a pancadaria como base do raciocínio. Um jogo de futebol não é assim, os jogadores não têm de se esgueirar da pancadaria que estes Andrades preconizam”, insistiu.

José Nuno Martins virou depois a agulha para outro ex-defesa portista e agora também comentador, Rodolfo Reis.

“Aquele Rodolfo da SIC Notícias também só jogava à paulada, nunca passou de um reles jogador sem qualidade, que jogava com base em pancadaria violenta”, afirmou.

794Shares

Mais partilhadas da semana

Subir