Motociclismo

Diogo Ventura muda para a Beta

Após três anos de frutuosa ligação com a sua antiga marca, com a qual conquistou quatro títulos nacionais, Diogo Ventura decidiu enfrentar um novo desafio ao tripular uma máquina que é campeã do Mundo da modalidade; a Beta.

Tal como Bradley Freeman – atual campeão do Mundo de Enduro – ou Steve Holcombe, que conquistou o cetro maior da disciplina nos dois anos anteriores, o campeão de Portugal vai integrar a estrutura oficial da Beta ao lado de três outros pilotos.

“É uma nova fase que se inicia. Os últimos três anos foram muito bons e os resultados espelham isso mesmo, representa um desafio aliciante e é com enorme expetativa que enfrentarei 2020 com a Beta”, começa por dizer Diogo Ventura.

O piloto de Góis está bem ciente da aposta feita: “Desde 2017 que vencem sempre o EnduroGP e sei que vou ter excelentes motos para discutir as vitórias, tanto a nível nacional como a nível internacional”.

É dado adquirido que Diogo Ventura não se vai ‘contentar’ com competir no campeonato nacional de enduro, pois vai dar igualmenhte importância às provas de importância maior como a Extreme Lagares ou a Baja de Portalegre.

“São provas muito especiais, onde quero estar na linha da frente. A minha época vai ser muito exigente, mas estou rodeado de uma equipa que não deixa que me falte nada. Nunca deixou. E ao lado deles sei que os resultados vão continuar a ser muito positivos”, reitera o Campeão Nacional.

Diogo Ventura assume esta responsabilidade em pleno Beta Day, que juntou nos arredores de Guimarães clientes, patrocinadores e pilotos da marca representada em Portugal pela Moto Espinha.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir