Nacional

Diana Monteiro vítima de bullying: “Acordava com palpitações antes de ir para a escola”

Diana Monteiro recorreu às redes sociais, esta segunda-feira, para partilhar com os seguidores um testemunho emocionante onde revela ter sido vítima de bullying na adolescência. “Tinha uma cara feia, diziam elas”, escreveu.

“‘Diana é impossível teres sofrido de bullying’, foi isto que ouvi durante a minha vida adulta inteira.  Mas sofri e lembro-me muito bem!”, começou por escrever.

Num emocionante testemunho, Diana Monteiro explica que a sua “adolescência podia ter sido maravilhosa”, mas que isso não aconteceu.

“Fazia tudo para passar despercebida e aguentar um dia sem ter os grupos de miúdas atrás de mim a gozar comigo da maneira mais cruel que possam imaginar”, acrescentou.

“A minha ansiedade apareceu aos 10 anos e até aos 15 desenvolvi ansiedade crónica e ataques de pânico. (…) Acordava com palpitações antes de ir para a escola e o coração disparava só de pensar” pode ler-se.

A atriz revela que escondeu o problema dos pais e que o tentou resolver faltando às aulas, até que a escola alertou a família.

“Nunca tratei mal ninguém, era uma miúda calada que sonhava muito e que tinha uma cara ‘feia’, segundo diziam as outras raparigas”, conta.

A terminar a publicação, Diana Monteiro refere que o episódio a tornou “forte e resiliente”.

“Graças ao bullying tornou-se forte e resiliente. O maior problema disto tudo é que o bullying destrói, nem toda a gente consegue e deixa sequelas graves. As minhas estão aqui, eu ainda tenho os meus fantasmas, mas ‘guess what?’ I made it (Eu consegui)”.

Hoje em dia, Diana Monteiro faz trabalhos como atriz e cantora, além de ser a cara de de várias campanhas publicitárias.

Recorde uma delas.


Mais partilhadas da semana

Subir