Nas Notícias

Detido por apedrejar helicóptero e impedir combate ao fogo

Um homem foi detido em Ribeira de Pena, no distrito de Vila Real, por apedrejar um helicóptero e impedir o combate ao fogo. Os factos aconteceram há cerca de um ano e o indivíduo foi agora detido.

De acordo com nota da Polícia Judiciária (PJ), o indivíduo é suspeito do arremesso de pedras contra um helicóptero que combatia um incêndio na localidade de Cerva, que ocorreu há cerca de um ano, embora a detenção tenha sido feita agora.

A PJ explica que, na altura, o piloto do helicóptero viu-se forçado a uma manobra arriscada para estabilizar o aparelho que estava a abastecer num tanque.

“O suspeito terá arremessado uma pedra contra o helicóptero que se encontrava a abastecer água num tanque, a uma altitude de cerca de cinco metros do nível do solo, atingindo-o num vidro”, revela a PJ.

A PJ revela ainda que o “suspeito terá aberto a torneira do referido reservatório esvaziando-o, obrigando o helicóptero a deslocar-se a um ponto de água mais longe do local do incêndio”.

O detido tem 43 anos de idade e é empreiteiro da construção civil.

O homem será presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

85Shares

Em destaque

Subir