Nas Notícias

Desacatos na prisão de Paços de Ferreira devido à greve dos guardas

Alguns reclusos da cadeia de Paços de Ferreira envolveram-se em desacatos por causa da greve dos guardas prisionais.

À TVI, António Ilharco, da Associação de Apoio ao Recluso, relatou a existência de “desacatos” nesta sexta-feira, com os reclusos da ala A.

“Deitaram [fogo] a um contentor ou dois, mas os guardas conseguiram de imediato solucionar essa questão e encerraram os reclusos”, explicou este membro da associação de apoio a presos.

Este responsável explicou ainda que “o problema é que eles se mantêm muito revoltados”.

“Estamos em contacto permanente para pararem a situação agora e fazerem as coisas de modo legal”.

Já em declarações à agência Lusa, este responsável adiantou que os reclusos já se encontram nas celas, mas “estão a ameaçar com mais desacatos quando voltarem a sair das celas, estando a associação a mediar o conflito.”

A Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP) explica que foi apenas um recluso que queimou “um canto do colchão”.

A DGRSP refere ainda que “não resultaram quaisquer ferimentos ou necessidade de assistência a elementos da vigilância ou ao recluso” e a situação foi “imediatamente resolvida pelo guarda prisional presente”.

Nas últimas semanas, o clima nos estabelecimentos prisionais em Portugal tem estado tenso, com registo de vários desacatos devido aos períodos de greve dos guardas prisionais, que estão a ter impactos na rotina dos reclusos, nomeadamente no que respeita à compra de bens dentro da cadeia (visto que os bares ficam encerrados) mas também com impacto nos almoços de Natal.

No Estabelecimento Prisional de Custóias verificou-se, na semana passada, um motim, depois de idêntica situação ter acontecido no Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL).

Os reclusos de Custóias causaram distúrbios na hora de almoço e a polícia prisional recorreu ao uso da força.

Agora são os reclusos de Paços de Ferreira que também mostram a sua revolta em forma de desacatos.

3Shares

Mais partilhadas da semana

Subir