Fórmula 1

Depois de um Grande Prémio o ‘patrão’ da F1 quer um piloto vietnamita

Depois de ter confirmado a existência de um Grande Prémio no Vietname em 2020, o ‘patrão’ da Fórmula 1 quer também um piloto vietnamita na disciplina máxima do automobilismo.

Citado pela Agência France Press, Chasse Carey diz que na estratégia de crescimento da Liberty Media na Ásia está a possibilidade ter haver pilotos daquele continente na F1, e porque não um do Vietname, que terá uma prova no calendário numa corrida citadina na capital, Hanói, dentro de pouco mais de um ano.

“É um marco na nossa estratégia de crescimento a longo prazo. Penso que há visões curtas sobre muitas coisas que fizemos. Não nego que o sucesso da nova corrida no Vietname poderá ser ajudada ser existir um piloto local na grelha. Gostaria de ter um piloto chinês, um piloto norte-americano, uma mulher, um piloto vietnamita. Todos fazer parte do nosso futuro”, admitiu o homem-forte da Liberty Media.

Mais partilhadas da semana

Subir