Motores

Daniel Vicente e Manuel Martins vencem Desafio Kumho em Paredes

O Campeonato Norte de Ralis 2019 teve a sua conclusão no Rali de Paredes e o Desafio Kumho Norte também.

Na prova do CAMI Motorsport a competição promovida pelo representante dos pneus coreanos na competição para a Península Ibérica teve dois vencedores; Daniel Vicente na Divisão 1 e Manuel Martins na Divisão 2.

A primeira categoria do Desafio Kumho Norte tinha em Paredes a sua grande decisão, com Francisco Azevedo e Nuno Ferreira a liderarem antes do evento, mas com Daniel e Silvia Vicente bem perto.

Na segunda especial do rali tudo seria decisiva para a decisão do título, já que um problema mecânico no Peugeot 205 GTi de Francisco Azevedo ditou o seu abandono. Isso deixou Daniel Vicente com a possibilidade de chegar ao cetro, o que o piloto galefo do Citroën AX GTi viria a conquistar.

Mas o azar não ‘bateu à porta’ apenas do até então líder do troféu, pos também Pedro Serôdio e Hugo Marques viriam a desistir no segundo troço cronometrado, depois de se terem imposto no primeiro, pois o seu Citroën Saxo também sofreu uma avaria.

E se o título foi para Daniel Vicente, as especiais tiveram também outros protagonistas, pois para além do galego e de Serôdio também Daniel Silva e Bruno Almeida foram os mais rápidos em classificativas, fazendo por duas ocasiões.

Este desempenho permitiu a Bruno Almeida e Filipe Martins levarem o seu Peugeot 206 GTi à segunda posição, com Daniel Silva e Filipe Martins a serem terceiros, numa prova em que trocaram o habitual Renault Clio RS por um Mitsubishi Colt.

Fecharam o top cinco da Divisão 1 por José Gomes e Nuno Ribeiro, em Opel Astra, e Fábio Costa e Joaquim teixeira, em Renault Clio RS, sendo de destacar ainda a desistência dos espanhóis Diego Martinez e Óscar Fernandes, em Peugeot 106.

Manuel Martins chegou à vitória na Divisão 2 numa prova que foi uma ‘montanha russa’. Juntamente com Rui Vilaça colocou o Peugeot 206 RC na liderança após as duas primeiras especiais, mas depois enfrentou Capela Morais e António Vieira, que no Skoda Fabia TDi se impôs nos três troços seguintes, antes do alternador do carro checo ditar o abandono.

Manuel Martins, que também tinha tido problemas na quinta especial, viu o comando e a vitória regressar aos seus domínios e chegou ao fecho do rali com um saboroso triunfo na Divisão 2 Kumho. Atrás do vencedor, Cláudio Ornelas, navegado por Miguel Castro, realizava uma prova muito regular e eficaz, coroada com a presença do seu Skoda Fabia Tdi no 2º posto.

Mais partilhadas da semana

Subir