Motores

Dani Sordo vence Rali Serras de Fafe com autoridade

Dani Sordo venceu o Rali Serras de Fafe, que este fim de semana marcou o arranque do Campeonato de Portugal da especialidade.

O espanhol da Hyundai, que no primeiro dia tinha confirmado o seu favoritsimo ao ascender à liderança e ganhar uma vantagem superior a 18 segundos, na jornada de hoje só não se impôs numa classificativa, ganhando terreno a Ricardo Teodósio.

Fotos: Ricardo Cachadinha

No final um minuto e 14 segundos separaram Sordo do piloto algarvio, que foi o único adversário do espanhol que manteve a pressão sobre o líder e não conheceu qualquer problema. Isto porque tanto Ricardo Moura como Armindo Araújo tiveram alguns percalços que acabaram por afastá-los do pódio.

E se o açoriano conseguiu recuperar parte do tempo perdido e concluir o rali na quarta posição, a pouco mais de cinco segundos do terceiro classificado, Miguel Barbosa, o piloto de Santo Tirso acabou por ter problemas mecânicos na sexta classificativa e protagonizar um pião no troço seguinte, que lhe causou alguns danos no Hyundai i20 R5 e também tempo perdido.

O Campeão Nacional procurou limitar os danos mas terminaria apenas na sétima posição, atrás do seu companheiro de equipa, Bruno Magalhães, que se adaptou depressa ao Hyundai mas que também sentiu algumas dificuldades, nomeadamente ao nível do diferencial do seu i20 R5.

À frente dos dois pilotos da Hyundai Portugal terminou José Pedro Fontes, que não começou muito bem a prova da Demoporto mas que depois viria paulatinamente a recuperar terreno e a terminar no top cinco. Isto apesar de alguns problemas de intercomunicadores que obrigaram a algum improviso para comunicar com a sua navegadora Inês Ponte.

Pelo caminho ficaria Pedro Meireles, que na 10ª especial se viu forçado ao abandono, depois da caixa de direção do Volkswagen Polo GTi R5 ter cedido. Isso permitiu ao chileno herdar a oitava posição.

Nas duas rodas motrizes – e também na Peugeot Rally Cup Ibérica – o duelo pela vitória entre Pedro Antunes e Daniel Nunes durou toda a prova, e se no primeiro dia o piloto de Sintra ainda deu réplica ao de Torres Vedras, a verdade é que Antunes viria a chamar a si a vitória, impondo-se por mais de 42 segundos ao seu adversário.

Classificação final

1º Dani Sordo/Carlos del Barrio (Hyundai) 1h27m57,7s

2º Ricardo Teodósio/José Teixeira (Skoda) + 1m14,0s

3º Miguel Barbosa/Paulo Babo (Skoda) + 1m24,4s

4º Ricardo Moura/António Costa (Skoda) + 1m29m5s

5º José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroën) + 1m56,8s

6º Bruno Magalhães/Hugo Magalhães (Hyundai) + 1m59,5s

7º Armindo Araújo/Luís Ramalho (Hyundai) + 2m29,5s

8ºAlberto Heller/José Luis Diaz (Ford) + 2m33,4s

9º Pedro Heller/Marc Moreno (Ford) + 3m13,0s

10º Pedro Almeida/Alberto Silva (Skoda) + 3m40,8s

Mais partilhadas da semana

Subir