Motociclismo

Dani Pedrosa ‘responde’ a comentários negativos de Alberto Puig

Dani Pedrosa respondeu a comentário de Alberto Puig, o novo diretor da Honda, que sugeriu que ao piloto espanhol lhe faltou desejo de ser Campeão do Mundo de MotoGP.

Puig foi ‘manager’ de Pedrosa até ao final da temporada de 2013, antes de passar a ser conselheiro na HRC Honda, sendo que um ano depois se reuniram quando Alberto sucedeu a Livio Suppo como diretor da equipa Repsol Honda.

Alberto Puig foi um crítico de Dani Pedrosa e nada fez para manter o piloto catalão na equipa para 2019, acabando por substitui-lo por Jorge Lorenzo. O que levou Pedrosa a optar por se retirar.

Puig sugere que a razão para a forma de Pedrosa ter diminuído nos últimos anos foi o seu pouco empenho para se tornar campeão do Mundo face aos seus rivais. “Estive com Dani a tempo inteiro até 2013; nestes últimos anos não sei exatamente o que ele fez. Este ano trabalhei com ele e viu um diferente Dani daquele que conhecei. Talvez para ser Campeão do Mundo devesse ter assumido algumas coisas que não assumiu”, declarou o ‘patrão’ da HRC ao jornal espanhol La Vanguardia.

Alberto Puig diz que “na vida nada é de graça e há outros que querem ganhar mais o título”, sublinhando que acha que a Dani Pedrosa tinha mais para poder continuar, “porque é muito talentoso. Por um lado coloca um pouco de empenho, como piloto de top cinco”, mas que isso, a ele, como responsável da Honda, não lhe interessa muito.

Em resposta o piloto catalão referiu na sua página de Facebook que lamenta a posição do seu antigo ‘manager’: “Tenho pena da visão e da deceção de Alberto Puig sobre os meus resultados. Dito isto, acho curioso que tenha mudado drasticamente a sua opinião sobre mim do dia para a noite. Espero que lhe passe”.

“Dei o meu melhor, fazendo tudo o que podia a cada momento. Duvidar da vontade de um piloto ser Campeão do Mundo é algo que não se espera de alguém que trabalha neste desporto. Teria apreciado se todo o ressentimento que tem para comigo fosse partilhado comigo pessoalmente em uma das muitas oportunidades que teve para o fazer este ano, em vez de ter esperado que eu saísse da equipa. Não estou interessado em toda a controvérsia que está a criar”, acrescenta Pedrosa.

Ainda assim o piloto espanhol espera ter uma oportunidade para confrontar pessoalmente Alberto Puig sobre as críticas que lhe fez.

Mais partilhadas da semana

Subir