Desporto

Dadashov salva Estoril Praia com golo ao cair do pano

O Estoril Praia conquistou hoje uma ‘suada’ vitória por 1-0 na receção ao Farense, em jogo da 12ª jornada da II Liga de futebol, que se decidiu apenas na reta final, com um golo de Dadashov.

A história do encontro definiu-se aos 87 minutos, quando a finalização do avançado azeri quebrou, finalmente, a resistência dos algarvios, que causaram muitas dificuldades ao anfitrião, no Estádio António Coimbra da Mota, mas não impediram o segundo triunfo seguido do conjunto de Luís Freire e a subida provisória ao segundo lugar, com 26 pontos.

O golo tardio até fez justiça ao bom arranque da equipa na partida, com uma dinâmica positiva e um bom ritmo, apoiada nas movimentações de Aylton e Sandro Lima, mas foi igualmente cruel para a reação do Farense, que cresceu no jogo ao fim dos primeiros 30 minutos e nivelou a partida com um futebol de transições rápidas e grande objetividade.

Estorilistas e algarvios estiveram perto do golo em cima do intervalo, mas atiraram as decisões para o segundo tempo. O ‘nulo’ alimentou a emoção e a incerteza no desfecho, ainda que a expulsão de Markovic, aos 72 minutos, tenha acabado por reforçar o ímpeto do Estoril no ‘assalto’ à baliza adversária.

O Farense, apesar das mexidas, revelou mais problemas para travar o ascendente da equipa da casa e, depois de ver Daniel Fernandes e a trave salvarem um golo quase certo, num livre de Rafael Furlan, o guarda-redes visitante foi mesmo batido ao cair do pano, quando os adeptos estorilistas já se conformavam com um empate anunciado.

Graças a esta vitória, o Estoril passou a somar 26 pontos e igualou o Famalicão na segunda posição, aproveitando também da melhor maneira a derrota sofrida nesta ronda pelo líder Paços de Ferreira, que tem 27 pontos, na receção ao FC Porto B, por 1-0.

Jogo no Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril.

Estoril Praia – Farense, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador:

1-0, Dadashov, 87 minutos.

Equipas:

– Estoril Praia: Thierry Graça, João Góis, Diakhité, Diney, Rafael Furlan, Gonçalo Santos (João Patrão, 76), Wallyson (Kléber, 66), Filipe Soares, Aylton Boa Morte (Matheus, 84), Sandro Lima e Dadashov.

(Suplentes: César Augusto, Pedro Queirós, João Pedro, Matheus, João Patrão, Gustavo, Kléber).

Treinador: Luís Freire.

– Farense: Daniel Fernandes, Godinho, Bruno Bernardo, Cássio, Jorge Ribeiro, Markovic, Borges (Tavinho, 89), Mayambela (Pedro Simões, 76), Fábio Nunes (Alvarinho, 69), Ryan Gauld e Irobiso.

(Suplentes: Hugo Marques, Delmiro, Kadri, Tavinho, Pedro Simões, Alan e Alvarinho).

Treinador: Rui Duarte.

Árbitro: Manuel Oliveira (AF Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Wallyson (26), Markovic (27 e 72), Dadashov (68) e Bruno Bernardo (90+4). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Markovic (72).

Assistência: Cerca de 700 espetadores.

Mais partilhadas da semana

Subir