Empresas

Cristiano Ronaldo recebe apoio de marca de lingerie

Yamamay, marca italiana de lingeries que apostou em Cristiano Ronaldo para a nova campanha, reforçou o apoio no internacional português e considera a violação “uma história improvável”.

Depois de vários patrocinadores, como a Nike ou a EA Sports, terem manifestado a sua preocupação pelas acusações sobre Cristiano Ronaldo, a marca italiana de lingeries reforçou o apoio no internacional português.

“Estamos em plena campanha, não mudamos o nosso plano de investimentos e continuamos a nossa trajetória publicitária, que está a correr muito bem. Acreditamos que nestes caso a presunção da inocência é sempre válida”, afirmou Gianluigi Cimmino, o CEO da Yamamay.

Em declarações à imprensa italiana, Cimmino considerou que as acusações que recaem sobre Ronaldo parecem “uma história absurda que vai esfumar-se com o tempo”.

“Do movimento #MeToo aprendemos muitas coisas boas, mas também muitas negativas. Por vezes, torna-se uma ferramenta par quem quer ser o centro das atenções”, atirou.

Cimmino acrescenta, por isso, que seria “eticamente correto que a equipa, empresas, os patrocinadores e as pessoas que sempre estiveram perto do campeão continuem ao lado dele. (…) Cristiano sempre se mostrou um campeão dentro e fora de campo”.

Desta forma, o CEO da Yamamay esclarece que Ronaldo continuará a ser a cara da campanha porque, reforça, “a imagem publicitária é muito forte e o retorno que estamos a ter sobre as vendas é muito alto”.

Recorde-se que o internacional português é acusado de ter violado Kathryn Mayorga em 2009, em Las Vegas.

Este sábado, a equipa de advogados da norte-americana afirmou ter interesse me encontrar uma alegada vítima de abuso sexual de Ronaldo, em 2005, quando o jogador representava o Manchester United.


Mais partilhadas da semana

Subir