Nas Notícias

Cristas quer crescimento de quatro a cinco por cento até 2025

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, defendeu hoje a redução da taxa de IRC em Portugal para 12,5 por cento no prazo de seis anos, no debate sobre o estado da nação, na Assembleia da República, em Lisboa.

“Se há quem olhe com desconfiança para países como a Irlanda, com uma taxa de IRC de 12,5 por cento, no CDS queremos ter a mesma taxa de 12,5 por cento da Irlanda dentro dos próximos seis anos. E queremos ver o país a crescer quatro e 5 por cento ao ano como a Irlanda”, disse Assunção Cristas.

A líder centrista tem defendido a baixa dos impostos sobre as empresas, mas não tinha ainda quantificado.

Em Portugal, as empresas pagam uma taxa nominal de IRC de 21 por cento.

Mais partilhadas da semana

Subir