Desporto

CR7: “Em quatro meses três filhos, também foi recorde”

Cristiano Ronaldo foi o esperado vencedor do prémio ‘Jogador do Ano’, na Gala Quinas de Ouro, e evocou alguns dos feitos da época na Seleção, no Real Madrid e… fora das quatro linhas.

No discurso de agradecimento, CR7 fez questão de lembrar um “recorde” muito especial que bateu na temporada passada.

“Agradeço à minha família, aos meus quatro filhos, também foi recorde, em quatro meses três filhos. Dentro e fora de campo começa a ser um hábito os recordes”, gracejou.

Mais a sério, o capitão da Seleção tinha agradecido, anteriormente, aos “companheiros” que o ajudaram a tornar 2017 num ano “excelente”.

“Um ano inesquecível no Real Madrid, ano histórico com cinco troféus, repleto de emoções, com a minha quinta Bola de Ouro e segundo troféu da FIFA”, recordou ainda o avançado.

A gala da Federação Portuguesa de Futebol quase não trouxe grandes surpresas. Leonardo Jardim foi o ‘Treinador do ano’, mas José Mourinho ganhou um prémio que vale por quatro: ‘Vasco da Gama/Internacionalização/Expansão/Portugalidade’.

Ricardinho foi o ‘Jogador do ano’ no futsal, como esperado.

Quanto à equipa do ano na Liga, também não houve surpresas, com um 11 com elementos apenas dos três grandes: Rui Patrício; Nélson Semedo, Coates, Felipe, Alex Telles; Danilo Pereira, William Carvalho, Pizzi; Gelson Martins, Jonas e Brahimi.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir