Motores

“Correr em casa tem sempre um sabor especial” para Gil Antunes

Gil Antunes e Diogo Correia alinharam no Rali das Camélias para se divertirem e no final acabaram a discutir a vitória, terminando a pouco mais de uma dúzia de segundos dos vencedores.

Na mítica prova que este ano regressou pelas ‘mãos’ do Clube de Motorismo de Setúbal a dupla do Renault Clio R3 T esteve em excelente plano.

As especiais das zonas de Sintra e Mafra permitiram a Gil Antunes rodar sempre entre os mais rápidos, apesar de ter sido menos fácil do que parece. “Encontramos as duas primeiras especiais com o piso completamente molhado e o setup que levamos no Clio R3T não era o ideal, ressentiu-se um pouco ao cronómetro e acabamos por perder algum tempo, pouco mas que no final fez toda a diferença”, explica.

O piloto de Sintra esteve mais à vontade quando encontrou os troços secos, acabando por realizar uma recuperação e sendo quem mais especiais venceu. “Nas especiais com o piso seco tudo correu em pleno, sentia-me confiante com o carro e os tempos acabaram por surgir! Tentamos até à última especial chegar à vitória, mas o tempo perdido durante a manhã acabou por ser nefasto e o segundo lugar foi o resultado possível”, salienta.

Mas Gil Antunes faz um balanço positivo desta participação: “Foi um excelente resultado, correr em casa tem sempre um sabor especial e mais ainda quando temos família e muitos amigos das nossas ‘origens’ a dar-nos um incentivo extra, sendo que desta vez não tiveram que fazer no mínimo 300 kms para nos acompanhar numa prova”.

“Foi um rali marcante, foi muito bom ver novamente os ralis nesta região com tradições na modalidade e a provar o quanto fazem falta os ralis perto da capital, tivemos as especiais sempre repletas de muito público”, acrescenta o piloto sintrense.

3Shares

Mais partilhadas da semana

Subir