Nas Notícias

Consumo moderado de álcool mantém níveis do colesterol bom, indica estudo

Uma alimentação saudável, evitar bebidas alcoólicas e o combate ao sedentarismo são os conselhos comuns, para quem pretende uma vida saudável e quer evitar o colesterol elevado. Um estudo apresenta agora uma conclusão surpreendente, associando o consumo moderado de bebidas alcoólicas (sobretudo cerveja) à manutenção dos níveis de HDL, o chamado “colesterol bom”.

De acordo com um estudo apresentado na edição de 2016 do ‘American Heart Association’s Scientific Sessions’, as pessoas que consumiam bebidas alcoólicas de forma moderada apresentavam um processo de queda mais lenta do colesterol bom.

Já no grupo de pessoas que não ingeriu bebidas alcoólicas ou que o fez em doses excessivas o HDL desceu mais rapidamente.

O universo deste estudo feito na China é grande: 80 mil pessoas saudáveis, que foram acompanhadas ao longo de seis anos.

Os investigadores dividiram-nos em dois grupos, de acordo com os hábitos de consumo de álcool: de um lado os abstémios, do outro os consumidores moderados ou excessivos.

Além de recolherem os dados sobre esses hábitos, também analisaram o tipo de bebida, determinando depois a rapidez do processo de queda do colesterol bom.

Os consumidores de cerveja apresentaram os melhores dados, com descida mais lenta do HDL. Relativamente ao vinho, verificou-se a inexistência de um grupo de pessoas suficiente para avaliar dados.

Neste estudo insiste-se numa evidência: beber mais não representa colesterol bom durante mais tempo. O consumo tem de ser moderado para haver benefícios.

O passo seguinte deste estudo é analisar pessoas de outras regiões do mundo, necessariamente com hábitos diferentes.

9Shares

Mais partilhadas da semana

Subir