Mundo

Conselho Europeu ‘regressa’ hoje às migrações e à cibersegurança

O Conselho Europeu será hoje retomado, de novo a 28, para analisar os avanços registados na reforma da política de asilo e no reforço da cibersegurança da União Europeia (UE), depois do improdutivo jantar dedicado ao Brexit.

Digerido o infrutífero jantar a 27 dedicado ao Brexit, que se saldou apenas na constatação de que não houve progressos reais nas negociações para a saída do Reino Unido do bloco europeu, os chefes de Estado e de Governo da UE voltarão a reunir-se para debater aquele que já se tornou o seu tema ‘preferido’.

O principal assunto em agenda será, uma vez mais, a questão das migrações, sobre a qual não são esperados “grandes anúncios”, sendo expectável que o chanceler austríaco, Sebastian Kurz, que ocupa a presidência rotativa da UE, apresente os avanços registados na reforma da política de asilo da UE desde a cimeira informal de Salzburgo, em setembro.

À reunião a 28, em que os líderes se debruçarão também sobre o tema da cibersegurança, particularmente sobre o objetivo de dotar a UE de instrumentos que impeçam novas ingerências externas em território comunitário, seguir-se-á uma Cimeira do Euro no chamado “formato inclusivo” (a 27), para um ponto da situação sobre a reforma da União Económica e Monetária, e na qual participará o presidente do Eurogrupo, Mário Centeno.

Depois do Conselho Europeu e Cimeira do Euro, haverá lugar a uma cimeira entre UE e Ásia (ASEM), que terá início na noite de hoje e decorrerá até sexta-feira à tarde.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir