Fórmula 1

Conselheiro da Red Bull terá feito um ‘aviso’ a Pierre Gasly

Já não é a primeira vez que a personalidade de Helmut Marko se faz sentir no seio da Red Bull Racing, e a mais recente manifestação desse génio terá sido um ‘aviso’ feito a Pierre Gasly.

O austríaco declarou à agência APA News que o francês terá de conseguir “pelo menos um mínimo de cinco vitórias” nesta sua primeira época de Fórmula 1 com a equipa de Milton-Keynes, naquela que é também a primeira temporada da escuderia com os motores Honda.

“Acredito que temos umas certas hipóteses no Campeonato do Mundo”, afirmou Marko, que considerou a mudança da Renault para a Honda como “a melhor” decisão. Já a escolha de Gasly para o lugar que anteriormente era de Daniel Ricciardo depende muito daquilo que o piloto fizer.

O austríaco, conselheiro da Red Bull Racing, sabe que contra Pierre Gasly está a sua inexperiência e os dois acidentes que protagonizou durante os testes de pré-temporada em Barcelona não veio ajudar. “No segundo despiste ficamos sem peças sobressalentes, por isso Max Verstappen mal pôde guiar o carro no último dia”, recorda Marko.

Ainda assim o responsável pela ‘cantera’ de pilotos da equipa de Milton-Keynes diz que Gasly e Verstappen vão poder competir em ‘pé de igualdade’ em 2019: “Nada mudará nesse aspeto, mas vimos nos testes que Gasly ainda não está ao nível de Verstappen. Mas também não o esperávamos. À parte dos dois acidentes, ele (Gasly) foi perfeito. Especialmente o segundo acidente afetou-nos. Ele não se pode permitir mais a isso.

O ‘Brexit’ também foi contemplado na entrevista de Helmut Marko à APA News, mas o austríaco desvaloriza a questão, num contraste com o chefe da Mercedes, que considera o tema um grande problema. E é até enigmático: “Nada foi ‘comido’ ou foi ‘cozinhado’. O país (Reino Unido) continua. Talvez hajam duas ou três inconveniências ou algo seja atrasado, mas não é assim tão importante”.

5Shares

Mais partilhadas da semana

Subir