Benfica

Confissão de Quaresma: “Amo jogar contra o Benfica e estou pronto para isso”

Ao serviço da Seleção, Quaresma respondeu a uma pergunta sobre o próximo jogo do Besiktas: “Sabem que eu amo jogar contra o Benfica e estou pronto para isso”.

Neste regresso a Portugal, após contribuir para a expressiva vitória da Seleção Nacional sobre a Letónia, Ricardo Quaresma mostrou que acompanha a Liga e não escondeu a desilusão pelo resultado do FC Porto no recente clássico contra o Benfica.

“Vi e foi injusto o Porto empatar, mas o futebol é isto”, destacou: “Quem não marca arrisca-se a sofrer”.

Para o antigo jogador dos dragões, os azuis e brancos ainda estão na corrida pelo título nacional: “Sempre. Ainda há tempo, isto ainda agora começou e espero que eles comecem a andar e voltem aos títulos, que é isso que nós adeptos queremos”.

Quaresma, que falou com os jornalistas após a partida de Portugal, revelou ainda que tem uma preferência pelo Benfica… como adversário. Uma confissão que surge em vésperas do ‘seu’ Besiktas receber os encarnados, num jogo a contar para a Liga dos Campeões.

“Eu estou bem, a equipa está muito bem e confiante. Vocês sabem que eu amo jogar contra o Benfica e estou pronto para isso. Fomos ganhar a Nápoles onde todos pensavam que íamos perder. Agora está nas nossas mãos: ou passamos nós ou passa o Benfica. Estamos tranquilos, vamos fazer o nosso jogo e acredito que vamos ganhar”, afirmou.

Nessa partida, o Besiktas não poderá contar com Talisca, o médio brasileiro que representou… o Benfica.

“Penso que para o clube foi muito importante o Talisca vir para o Besiktas. É um talento enorme e claro que faz falta”, admitiu Quaresma, autor do cruzamento que permitiu a William marcar o segundo golo de Portugal.

Mais partilhadas da semana

Subir