Insólito

Condutor aparece alcoolizado na apresentação periódica à GNR em Famalicão

Um homem surpreendeu os militares da GNR de Famalicão, depois de comparecer numa apresentação periódica com excesso de álcool. O condutor cumpria uma medida de coação por ter cadastro por violência doméstica e acabou por ser detido por conduzir com uma taxa elevada de álcool no sangue.

Operário da construção civil, de 51 anos, o homem deslocou-se ao posto da GNR para as apresentações periódicas a que está sujeito, na passada terça-feira, dia de Natal.

O homem conduziu até ao posto e, lá chegado, os militares da GNR notaram que o indivíduo aparentava estar sob o efeito do álcool.

Sujeito ao denominado ‘teste do balão’, o homem foi apanhado com uma taxa de 2,69 g/l de álcool no sangue e acabou detido, sendo presente a Tribunal.

O condutor apresentava mais do dobro do que a lei entende por ser uma taxa crime.

A pena de prisão prevista para estas situações vai até um ano ou multa até 120 dias.

Habitante de Calendário, Famalicão, conta o Correio da Manhã, que o homem explicou ao militar de serviço que estacionou a viatura no parque de veículos da GNR, onde se deslocou.

Mais partilhadas da semana

Subir